Mirror Database

Mirror Database

Certamente um dos temas mais importantes quando nos referimos a projetos de banco de dados dentro de uma organização é a questão da disponibilidade dos dados nele armazenados. Para muitas empresas, deixar de operar por algumas horas, minutos ou até segundos, por qualquer motivo, pode gerar enormes transtornos financeiros. Por conta destes ambientes altamente críticos e da possibilidade quase nula de paradas, é necessário montar uma estrutura que possibilite a continuidade do negócio em caso de falhas.

O Database Mirror existe desde a versão 2005 do SQL Server e faz parte de uma das quatro opções de alta disponibilidade existentes, que inclui também log shipping, failover clustering e peer-to-peer replication.

Ele consiste numa estrutura básica composta por três elementos: Principal, Mirror e Witness (opcional). Principal é o servidor utilizado de forma on-line, acessado por usuários e aplicações diversas, e é responsável por enviar as transações confirmadas para o servidor espelho. O Mirror, ou espelho, é o servidor destino, o qual mantém uma cópia fiel das bases de dados que estão no Principal. Por último, o Witness, usado para monitorar e realizar failover em caso de falha.

O espelhamento de banco de dados é uma solução para aumentar a disponibilidade de um banco de dados SQL Server. O espelhamento é executado numa base por banco de dados e funciona apenas com bancos de dados que usam o modelo de recuperação completa.

Veja como funciona: